No Dia Mundial Sem Carro, estamos #juntosnocorre!

Qual é a sua relação com a cidade?

Hoje é celebrado o Dia Mundial Sem Carro, que marca mundialmente a Semana da Mobilidade. E acredite, isso também é importante para você!

Com a nova campanha #juntosnocorre, a Quicko te convida a refletir sobre a conexão das pessoas com as cidades. Dessa conexão, dá para encontrar um ponto importante de ligação: a mobilidade. 

O ônibus que as pessoas pegam todos os dias é fundamental na sua relação com o espaço urbano. O transporte coletivo é acesso, o que as leva e conecta usuários a cada canto da cidade – isso é pensar em mobilidade para as pessoas!

 

 

O que move seu corre?

Refletir a conexão entre as pessoas e as cidades é também entender o que as leva a se deslocar. 

Para responder essa pergunta, a Quicko convidou pessoas reais, de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador, para contarem um pouco sobre seus corres, e refletirem sobre a sua relação com a cidade e a mobilidade.

O primeiro episódio da websérie “O que move seu corre” conta com a participação de Midria Pereira, poeta e estudante de São Paulo. 

Durante os meses de altas restrições das atividades na cidade paulista, mais de 5.3 milhões de passageiros usaram os ônibus municipais, se deslocando diariamente pela cidade. Porém, infelizmente isso não acontece sem desafios: segundo a Rede Nossa São Paulo, o tempo de deslocamento das pessoas que moram nas zonas norte, sul e leste de SP ainda é de 2h05 (dados de setembro de 2021).

Paulistana e vencedora do concurso de SLAM, poesia falada que coloca em debate questões da atualidade, a Midria retrata em sua poesia a dificuldade de acesso aos grandes centros urbanos, como no caso de SP. Dá uma olhada:

 

 

Não só no mês da mobilidade, mas todos os dias, a Quicko quer estar presente no seu corre, te ajudando a se deslocar pela cidade. Estamos #juntosnocorre por uma mobilidade pensada para todos!


Para ter acesso à localização dos postos no mapa e conferir as melhores rotas para tomar a vacina, baixe o aplicativo da Quicko!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *